Conheça a Universidade em que me graduei em Computação em 1991
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

MONOGRAFIA

O Brasil e a Antártida, aspectos ambientais, científico-tecnológico e de cooperação internacional

II - LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

A grande maioria dos brasileiros que ouve falar da Antártica imagina um imenso bloco de gelo localizado abaixo da América do Sul, pelo fato de sempre ver o mundo do ponto de vista de Mercator, mas esta visão não nos transmite a real posição do continente entre a América do Sul, África do Sul e Austrália.

O continente fazia parte do super continente do GONDWANA cujo desmembramento se iniciou há cerca de 195 milhões de anos.

Compreendendo todas as terras ao sul do paralelo 60 S, a Antártica tem cerca de 14 milhões km2 , o que corresponde à área conjunta do Brasil, da Argentina, do Uruguai, do Chile, do Peru e da Bolívia.

Vista do espaço e sobre o Pólo Sul, a Antártica apresenta-se, de maneira grosseira, como um continente circular, com um "rabo", a Península Antártica, apontando para o sul da América do Sul e o centro do continente é praticamente no Pólo Sul. Cerca de 98 % da parte visível do Continente é coberto por gelo ou neve e por isto ele é geralmente branco (por causa da neve) ou azul (a cor genuína do gelo sólido, como em um Iceberg).

Por volta de 500 A.C., Pitágoras já aventava a hipótese de a terra ser redonda. Os filósofos gregos argumentavam que, se a terra fosse de fato redonda, deveria conter uma grande massa de terra em sua base para contrabalançar as terras conhecidas do norte, o que explica a etmologia da palavra Antártica, que derivaria do grego antárktikos, que significa "oposto à ursa" (constelação).

Ptolomeu da Alexandria, em 150 D.C., em seu livro "A Geografia", falava dessa massa de terra na base do planeta, denominando-a "Terra Australis Incógnita". Em 1498 apareceu, na Alemanha, um mapa onde a "Terra Australis Incógnita" era unida à África.

Em 1570, outro mapa apareceu em Antuérpia, onde o Continente era ligado à América do Sul e, após a viagem de Drake, em 1577, ela passou a ser representada unida à Austrália.

Em 1620, holandeses navegaram ao sul da Austrália e, a partir de então, ficou provado que ela não estava ligada a nenhum continente conhecido. Assim surgiu o Continente Antártico.

Sumário
Continuar...